top of page
  • Ricardo Resende

Fontes de estudo p/ AFT

Atualizado: 3 de set. de 2023

Muita gente tem me perguntado sobre referências de fontes de estudo para AFT. Trata-se de decisão bastante pessoal, dependente do histórico de estudo de cada um, do tempo disponível para estudo daqui até as provas, das preferências por determinado formato (vídeo, cursos em pdf, livros etc.) e dos materiais disponíveis para cada disciplina. De forma geral, tenho indicado materiais específicos apenas das disciplinas que acompanho mais de perto nos últimos anos, ou seja, das duas principais do meu trabalho e do concurso: Direito do Trabalho e SST. Mais adiante tratarei de algumas indicações para outras matérias. Para Direito do Trabalho, naturalmente recomendo o meu livro (9ª edição, já disponível para compra aqui) e o meu curso, disponível aqui. O material que produzo é feito sob medida para AFT desde sempre, então, modéstia à parte, não vejo obra ou curso concorrente no mercado.




Se alguém não gostar do meu estilo e quiser outra opção, recomendo o livro do Ministro Godinho Delgado (Curso de Direito do Trabalho). É um livro muito diferente do meu, a leitura é bem mais pesada, especialmente para quem não tem formação jurídica, não abrange todo o contéudo de Direito do Trabalho cobrado no concurso para AFT, sendo necessário complementar vários pontos, mas é a grande referência doutrinária da matéria no Brasil. Justamente por isso meu livro tem forte base teórica extraída das lições do Min. Godinho, embora contemple também o que considero existir de melhor na doutrina, garimpado ao longo de muitos anos, em mais de oitenta outras referências bibliográficas, com destaque para as lições do Prof. Homero Batista Mateus da Silva, da Profª. Vólia Bomfim Cassar e do Prof. Gustavo Filipe Barbosa Garcia, além dos clássicos e de vários autores mais novos. É preciso estudar para AFT pelo livro do Godinho? Não. Como mencionei acima, é apenas uma alternativa ao meu livro, para os que eventualmente não gostem dele. Caso você queira conhecer a obra, segue a referência:


Para o estudo de SST, indico tranquilamente, há muitos anos, o material da Profª. Mara Camisassa, que acredito já seja conhecida por todos. Além de ser AFT, tendo grande experiência na carreira, ela tem um curso de SST e um livro publicado que constituem, com folga, as melhores fontes para estudo da matéria. Segue a referência do livro:

Sugiro que vocês sigam a Profª. Mara também nas redes sociais, pois ela é bem ativa e sempre dá dicas relevantes. Se alguém quiser outra fonte em SST, recomendo também o Prof. Flávio Nunes. [Edição: parágrafo seguinte incluído em 24.07.23] Recentemente conheci um material de exercícios de SST dos colegas AFTs e ex-alunos Charles Oscar e Anderson Miron. Comprei para avaliar e concluí que posso indicá-lo também com bastante segurança. São centenas de questões de SST e esquemas bem cuidados, que auxiliam no árduo estudo das NRs. Creio que funciona bem o curso e/ou o livro da Profª. Mara e o material de exercícios de Charles Oscar e Miron, utilizados de forma combinada, em exceção à minha orientação geral de usar somente uma única fonte para cada matéria. Para saber mais a respeito, procurem o perfil do Miron no Instagram (@miron.aft). Em relação às outras disciplinas, realmente não venho acompanhando muito de perto há alguns anos. Há no mercado excelentes livros, por exemplo, de RLQ, Língua Portuguesa, Direito Constitucional, Direito Administrativo etc., mas penso que o melhor é trocar ideia a respeito com outras pessoas que estejam estudando e folhear algumas páginas, sempre que possível, nos sites das editoras.


[Edição: parágrafo seguinte incluído em 16.08.23]

Como muita gente me pergunta diariamente sobre fontes para outras disciplinas visando à preparação para AFT, comprei alguns livros para ver como estão as edições atuais e indico mais alguns que eu já conhecia: Direitos Humanos: sinopse do Prof. Rafael Barretto e seu curso gratuito no Youtube.


Embora seja uma "sinopse", o livro do Prof. Rafael Barretto tem mais de 500 páginas e me parece em boa medida visando à preparação de reta final para o AFT. O conteúdo de Direitos Humanos é gigantesco e obras mais abrangentes me parecem inadequadas para este momento de preparação. De toda forma, caso o(a) candidato(a) tenha feito já o básico e queira uma fonte mais avançada para a disciplina, recomendo tranquilamente o livro do Prof. André de Carvalho Ramos (Curso de Direitos Humanos), esse aqui:



Também é uma boa opção utilizar o material do Prof. Rafael Barretto como referência e o livro do Prof. André de Carvalho Ramos para aprofundamento em temas específicos e/ou consultas pontuais.


Administração Pública: livro do Prof. Augustinho Paludo.


"Mas qual a razão para indicar prioritariamente livros, professor?" Porque sou das antigas... hehehe... confio mais nas informações dos livros, cujo cuidado na revisão, tanto pelo próprio autor quanto pela respectiva editora, é, em geral, muito maior que nos pdfs. Por isso, em relação a cursos em pdf e/ou vídeo, não tenho indicações para outras disciplinas além das já mencionadas acima, o que não significa que não goste do formato de tais cursos. Só não os acompanho o suficiente para indicar. Cursos presenciais, por sua vez, não recomendo a ninguém, em que pese o formato de fonte de estudos ser, como eu disse no início, algo muito pessoal. A título de exemplo, sempre aprendi mais lendo (teoria e questões), resumindo/marcando, escrevendo perguntas e respostas e elaborando mentalmente as possíveis questões que podem ser extraídas de determinado conteúdo; há, entretanto, quem só se interessa por aulas em vídeo e não consegue se concentrar na leitura; outros ainda sentem falta do contato direto com o professor, da energia de uma sala cheia de pessoas em situação parecida com a sua... De toda forma, encaro as escolhas sempre sob o crivo do custo/benefício, e, definitivamente, não vejo benefício das aulas presenciais que possa compensar seu alto custo, principalmente em termos de tempo despendido.


Para finalizar, deixo o alerta para que você não caia em uma armadilha muito comum no meio concurseiro, que é a coleção de materiais. Principalmente em tempos de redes sociais, em que a informação (de toda qualidade imaginável) corre rápido e as imagens postadas estabelecem constante comparação entre as pessoas, é comum que o concurseiro acabe cedendo à tentação e comprando tudo o que vê pela frente, sem muito critério e/ou sem um foco definido. Isso leva ao desperdício de recursos (financeiros e, principalmente, do mais precioso, que é o tempo) e, às vezes, até mesmo à paralisia, pois o(a) vivente não sabe o que fazer com tantos livros, pdfs garimpados do grupo do Whats App, vídeos recebidos por aí, canetinhas coloridas... Destarte, não colecione materiais. Escolha uma fonte para cada disciplina a partir de boas referências e siga com ela. Em situações extremas, tenha uma segunda fonte de consulta, mas evite. Para o estudo de alto rendimento, é muito melhor ler um livro três vezes do que ler três livros diferentes uma vez.

Abraço e bons estudos!


Ricardo Resende

ricardo@ricardoresende.com

2.568 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Atualizações à 9ª edição do livro

Embora não exista um compromisso de atualização do meu livro no intervalo entre o lançamento de duas edições consecutivas, pedi à editora que, excepcionalmente agora, em razão do concurso para AFT, fo

Comments


bottom of page